quinta-feira, 28 de julho de 2016

Prefeito de Bacabal, José Alberto Veloso, não será candidato à reeleição.


Já se comentava, em algumas rodas de conversa, que se desenhava uma negociação, onde o prefeito José Alberto Veloso aceitaria em não sair candidato, apesar de ter o direito de pleitear novamente a vaga de prefeito do município de Bacabal/MA.

O grupo político, do qual faz parte o sr. prefeito, abrange provavelmente todos os candidatos com chances de ganhar uma eleição para o referido cargo. Isso, talvez explique a tranquilidade do sr. José Alberto Veloso, apesar de tantas críticas dirigidas sobretudo para a saúde pública e para o estado calamitoso das ruas da cidade.

O senhor José Alberto, quando candidato a prefeito, em pelo menos um dos seus discursos de palanque, mais precisamente no bairro Madre Rosa, disse, que se fosse eleito, nunca iria tirar dinheiro de uma secretaria para pagar a conta de outra. Cada uma pagaria suas próprias contas. Essas palavras eram em virtude do atraso do pagamento dos funcionários da saúde no final da gestão do prefeito da época, sr Raimundo Nonato Lisboa.

A diferença de aproximadamente oito mil votos do segundo candidato colocado, deputado Federal sr. José Vieira, indicava claramente a preferência do eleitor naquele momento. Os comentários das esquinas e dos "senadinhos" um ano depois contudo, parecia uma contradição daquela preferência. 

Lembrando o deputado Justo Veríssimo, do programa de humor exibido na Globo, Balança mais cai, personagem do saudoso Chico Anísio, "O povo é quem não acerta uma".

terça-feira, 26 de julho de 2016

Passaremos a mostrar em nosso Blog, um pouco do nosso trabalho fotográfico.



Às vezes precisamos comentar



Lula O primeiro presidente brasileiro sem diploma universitário foi o que mais universidades fez




Não é analfabeto aquele que tem o dom de liderar e assim o faz. Aquele, que aprendeu com a dureza dos caminhos da vida, que nem sempre é de flores, e para tornar essa vida mais bela, e servir de exemplo para o mundo, luta para chegar a um objetivo, não é analfabeto.. O que acontece, é que, a ganância dos "espertos", que acreditam que um diploma de curso superior, ou que a riqueza de bens materiais herdada, de quem, na maioria das vezes, até adquiriu na desonestidade, é o que avaliza e capacita alguém para governar o que quer que seja e quem quer que seja. E com essa cultura, nós brasileiros, desde o ano de 1500 com a chegada dos "espertos" de Portugal, convivemos. E assim, senhores(a), enquanto os "donos do mundo" forem aplaudidos por mim e por você, não podemos contar com uma vida de pelo menos um pouco de flores. E pessoas como o Lula, que tem a cara dos "fracos" não serão bem vindo, quando o assunto for governar no nosso país.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

"Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio". Essa seria uma sugestão para mim concordar com os erros?



Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; por que te destruirias a ti mesmo?(Eclesiastes 7:16)

Apesar de muitas das vezes engatinhar, ao invés de caminhar, é preciso se encontrar com a sabedoria.

Muitas das vezes nos ensinaram muito, ou pelo menos nos explicaram como melhor caminhar. Claro que na maioria das vezes eu não aprendi, mas, quem me transmitiu fez sua parte, e não perdeu seu tempo, porque, quem faz sua parte não perde seu tempo.

A advertência do Eclesiastes na Bíblia certamente não é uma sugestão para alguém ser injusto ou insensato, porque, se assim fosse, a vinda de Jesus Cristo, que era anunciada nas antigas escrituras dos judeus, não teria sentido, e o livro dos Salmos não teria registrado no capítulo 37:29 que "Os justos herdarão a terra e para sempre nela habitarão".

Advertências certamente servem para manter o equilíbrio que a própria vida exige. E assim, eu não preciso usá-las como pretexto para meu desleixo.

Por isso, ser contra as injustiças e a insensatez é nosso dever, até porque, essas duas atrocidades não afetam apenas os que as praticam.Porque resolvi postar este texto assim...meio sem sentido? Talvez... para ser questionado.

sábado, 23 de julho de 2016

"Só se ajuda a quem quer ser ajudado"


O dia a dia me faz assumir a postura de quem  aceita concordar, que o culpado pelo meu fracasso sou eu. Isso me levará a uma certa tranquilidade, porque não vejo um adversário que possa me impedir de completar o meu percurso.

Ao invés de reclamar de tudo ou de todos, é melhor repensar minha vida. Pode ser que eu conclua que o tropeço sou eu. Os outros só me complementam no que quero. Aceitando isso, posso me preparar para ser ajudado.

Efeito da "política" corrupta: ele existe ou é mito?


São tantos os efeitos de uma política corrupta, que escrever algo sobre, pode talvez parecer desnecessário ou até perca de tempo.

Mas tudo bem, que seja interpretado como queira a concepção de cada um. Quem escreve também tem uma concepção.

Analisando por exemplo um Conselho da Cultura, que foi criado em Bacabal/MA, onde os conselheiros  têm as caras iguais todas as outras caras, dos que não vão a lugar nenhum, pode-se concluir o efeito de uma "política" corrupta.

Bem antes da "reativação" do que estamos chamando de conselho, lá na convocação feita por alguns que diziam da importância de tal reativação, já se podia perceber a vontade de lutar por parte desses, em prol de interesses...que foi aos poucos se desenhando no sentido de clarear a figura para onde se dirigia esses interesses. Quando foi para formar a diretoria, foi comentado que houve quem "batesse no peito", dizendo: "Se eu não for a conselheira ninguém será". E assim, na escolha, da diretoria, essa mesma pessoa já tinha um "esquema" montado para assumir a presidência. E com o consentimento da maioria, foi "eleita".

O Conselho nunca andou. Nem sequer o Regimento foi votado. Alguns reclamam, outros parecem não terem nenhum interesse de que algo funcione, sobretudo no que diz respeito à solicitação de prestações de contas. A pessoa que exigiu a presidência se afastou sem sequer fazer uso de um documento que oficializasse esse afastamento. Reuniões são marcadas, mas, como o número de conselheiro é muito pequeno, elas não acontecem.

Senhores (a), o efeito da política corrupta não é mito, ele existe mesmo. Vamos continuar falando sobre este assunto, já que nada, sobre as barreiras que impedem o andamento do "Conselho", está claro.

domingo, 10 de julho de 2016

Estrela de Pedreiras X Associação Atlética Boa .


Em 10 de abril próximo passado, o time da Associação Atlética Boa Vida, da cidade de Bacabal visitou o time Ótica São Paulo em Pedreiras/MA. Na ocasião os dois times empataram, cada um marcou 5 gols. 

Hoje( 10)   há exatos 3 meses, a Associação Boa Vida recebeu em sua sede, o mesmo time. Desta vez houve ganhador. 3  X  1 para o time da casa, Boa Vida, portanto.

Nessas visitas o que mais conta é o entrosamento das pessoas que formam os times, que normalmente levam as esposas e filhos, para uma confraternização que acontece depois do futebol. E vale lembrar que, o  futebol só começa depois de um momento, onde todos os jogadores, de mãos dadas fazem uma oração, quando pedem a bênção de Deus para si e para alguém da família ou não, que esteja precisando de oração.

Uma observação: O time de Pedreiras,  que levava o nome de Ótica São Paulo, no primeiro jogo, não é mais o mesmo nome. De acordo com o que informou a direção, se chama na realidade, Estrela.



Boa Vida                                                     Estrela
X
                                                                                                                                                          

Alguns registros do momento estão aqui:












sábado, 9 de julho de 2016

Zezo mais uma vez em Bacabal



Adicionar legenda

Com um público um pouco menor, mas não menos animado, aconteceu mais um show do cantor Zezo em Bacabal.
O cantor, que ao longo do tempo conquistou um público mais ou menos fiel, não perdeu o brilho com a plateia. E no palco, enquanto cantava, prometeu que no final de seu show tiraria fotos com todos quantos o procurasse, porque, afinal de contas, brincou: "sou contratado para tirar fotos, não para cantar". 
 
Vale ressaltar, que o cantor Zezo já esteve outras vezes em Bacabal. Dessa última, veio atendendo um contrato com o sr. Jaime, que é diretor da TV Mearim, .e produtor de eventos.