domingo, 24 de fevereiro de 2013

Eleição de novo papa 'impacta o mundo todo'



O que o mundo tem visto  nos últimos dias, desde 11 de Fevereiro, é o impacto em torno do principal assunto, que se transformou nas principais manchetes da imprensa mundial... o Papa.

No ano de 1414, de acordo a história,  o Papa Gregório XIII renunciou. Hoje, ano de 2014, 600 anos depois, portanto, o Papa Bento XVI, por motivos não tão esclarecidos, toma a mesma decisão.

A preocupação, sobretudo do mundo ocidental, é visível, bem mais do que se podia imaginar. A maior autoridade da maior Igreja do Ocidente, toma uma atitude, digamos, um tanto inusitada, que, apesar das explicações, que mais parecem tentativas de  convencer, vindas  de padres e bispos, ou de outras personalidades da Igreja, intriga não só católicos, mas também evangélicos, que recebem o fato como anúncio apocalíptico, que trata do fim do mundo. De um jeito ou de outro, a Igreja católica, é, e ficou bem claro, a religião base do Cristianismo no mundo. (Escrito por Jeremias Fotógrafo).

Vejamos o que diz uma chanceler alemã:

Merkel diz que eleição de novo papa 'impacta o mundo todo'

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou que a eleição de um novo papa para a Igreja Católica é um acontecimento que impacta "o mundo todo".    
"Quando a Igreja Católica elege seu papa, este é um fato de grande impacto para o mundo todo", disse a chanceler à imprensa alemã. "Para nós, na Alemanha, o ecumenismo continua tendo uma importância particular. A Alemanha é o país da Reforma. Em 2017 serão comemorados os 500 anos da tese de Martinho Lutero", acrescentou.    
Merkel também demonstrou ser favorável a uma aproximação entre a Igreja Protestante e a Igreja Católica. "Nos tempos atuais, [a aproximação] parece ser mais importante que nunca", afirmou.    No último dia 11, quando o papa Bento XVI anunciou sua renúncia, Merkel emitiu um comunicado agradecendo por seu pontificado e desejando sucesso no futuro.    
Bento XVI, cujo nome verdadeiro é Joseph Ratzinger, nasceu no município de Marktl am Inn, estado da Baviera, na Alemanha, em 16 de abril de 1927.

Nenhum comentário:

Postar um comentário