domingo, 17 de março de 2013


A maior e mais eficiente, defesa, sem dúvida, é: Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. Para conhecê-la, basta "Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei".  Em virtude das muitas pregações vazias proferidas pelas esquinas do mundo, sem objetivo de alcançar o que quer que seja,u quem quer que seja, os ensinamentos de Jesus não são seguidos, nem por você, nem por mim. Então buscamos tudo, menos a verdadeira defesa, ou os caminhos que nos permite caminhar sem a necessidade do julgo da Lei. Cometer um erro pode ter um alto preço, e o tem, bem maior, certamente que o preço para evitá-lo. Contudo, amigo Erivelton, hoje com um título de Dr. e acredito que é  merecido, é admirável, a arte de ver o  lado bom de um ser humano, mesmo onde a fumaça ou a lama da pecado encobre. Parabéns amigo!



Li atentamente seu grandioso texto. A riqueza de imaginação, inspirada certamente na busca de um entendimento ou compreensão da vida, a partir da história de Jesus Cristo, mostra porque você é o advogado que Bacabal conhece. Percebo que há uma mistura de Bíblia com história. Trazendo a história de Jesus, para a realidade humano, pode ser assim, contudo, a grandeza de Dele, sentida pelo mundo de hoje, e provavelmente daquela época, a exemplo disto, temos Zaqueu, que só queria vê-Lo  por curiosidade. Ao se deparar   com Ele, prometeu pagar 4 vezes mais, a quem roubara. E hoje, seu nome toma proporções inexplicáveis, onde quer que seja pronunciado com sinceridade. Não imagino como seria o homem Jesus. Minha capacidade não me leva a tanto. Na bíblia diz que o justo vive pela Fé. Nossos olhos e entendimentos humano são simplesmente humanos. "Tímidos são os pensamentos dos mortais e incertas as nossas concepções, porque o corpo corruptível torna preada a Alma e a morada terrestre  oprime o espírito carregado de cuidados"! Quem disse isso, de acordo com a Bíblia, foi o rei mais sábio de Israel: Salomão, filho de Davi. Não me sinto digno sequer de falar d'Ele, de tão pequeno que sou. E não é demagogia, é assim que me sinto.

Quanto ao texto, onde se percebe um profundo conhecimento, se eu tiver o direito de avaliá-lo,  direi que vem de uma mente privilegiada.

Escrito por Jeremias Fotógrafo,do Blog do Jeremias. 
Muito obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário