quarta-feira, 19 de junho de 2013

Estamos cansados de esperar...

Os governantes, que se fazem de vítimas, ao menor sinal de revolta do povo, deveriam encarar como mais uma barreira, só que, dessa vez a barreira colocadas por eles, que, ao subir num palanque de campanha, não tiveram vergonha de fazerem discursos emocionantes, tentando arrancar das pessoas de boa fé a emoção e credibilidade, ingredientes necessários, que somados a uma quantia bem alta de dinheiro, os levaram ao poder. Infelizmente, ao poder, ao invés de ser ao cargo sublime de representante do povo.

Senhores, a indignação é tão grande, que dá vontade de chorar. Afinal, nós o povo, elegemos representantes ou carrascos? sem piedade, nos massacram, diminuem, ou tiram mesmo os nossos salários...instrumentos, que proporcionam às nossas famílias o direito de comer, beber, ter saúde, educação, segurança,  enquanto  fazem, ou compram as leis, que aumentam seus salários e riquezas...suas fazendas e toda forma de patrimônio, leis que favorecem e os absolvem das condenações, quando por acaso são acusados de roubar o que é do povo.

Eu disse, comprar leis, mas, o nome pode ser fabricar...nos quintais do executivo, que estão ligados, seja por território ou por parcerias que envolvem dinheiro,  aos quintais do legislativo.

Fala-se em manifestação passística, mas, eles, os nossos fervorosos "representantes", acham que fazem contra nós, o povo, o verdadeiro dono do poder, injustiças pacíficas? se roubar for ato pacífico, os delinquentes que assaltam, roubam e matam, são os maiores pacificardes, e não merecem punições, mas, pelo contrário, reconhecimento, porque, como a maioria daqueles que elegemos, buscam para seu povo o "verdadeiro progresso".

Estou vendo a TV Globo condenando as manifestações. Me pergunto: a Imprensa Globo, concorda com o descaso do governo, em relação ao povo? E faço uma ressalva: não concordo com atos de badernas, que destroem o patrimônio público, e é por isso que estou escrevendo este texto contra o ato de destruição legalizado e executado por nossos tão esperados governantes, que na campanha política nos prometeram o Céu, mas que um dia depois da eleição, nos mostraram mesmo foi o inferno, com tudo que é próprio das trevas, inclusive com anjos, que no último comício, vimos até suas asas, quando, no palanque, com um microfone, em meios aos nossos aplausos, emocionados... pelos fogos de artifícios, que até pareciam anúncios divinos...os anjos chegando...eram sonhos e ilusões...constatados um dia depois.

Senhores, vai uma sugestão, se acreditamos mesmo ter uma Missão dada por nosso Bom e Generoso Deus, de resgatar o verdadeiro governo de um povo, no temor desse mesmo Deus, não nos calemos, nem muito menos aceitemos ceder às pressões ou maravilhas do diabo, que hoje nos dar comida, nos engorda, mas, amanhã nos leva ao matadouro, porque é o preço que nos foi imposto.

Muito obrigado!
Do Fotógrafo e blogueiro Jeremias;

Nenhum comentário:

Postar um comentário