segunda-feira, 22 de julho de 2013

Uma entrevista com Zaqueu, sobre o encontro que ele teve com Jesus Cristo

Repórter: Zaqueu, sabemos que você teve um encontro com Jesus Cristo. Como  aconteceu?
Zaqueu: Sim, via tanta gente, em Jericó querendo vê-lo. Eu não me importava muito. Bastante atarefado, não fazia parte da multidão que ia ao seu encontro, mas um dia, ouvi falar que Ele estava passando no meio de uma multidão, e quis vê-lo. Todos queriam...
Repórter: Você falou atarefado, qual era a sua ocupação?
Zaqueu: Eu era Coletor de impostos e  cuidava de uma equipe de cobradores, que tinham que cobrir toda a cidade.
Repórter: Mas, votando um pouco lá do encontro, fale mais como aconteceu.
Zaqueu: Eu decidi que viria o causador de tanto alvoroço na cidade, e em toda aquela região. Subi numa árvore...
Repórter: Você o viu?
Zaqueu: Parece que Ele me viu primeiro. Falou meu nome, pediu que descesse, e que ia à minha casa.
Repórter: Como foi a estada dele em sua casa?
Zaqueu: Eu comecei me retratando, porque não suportava ficar diante d'Ele. Senti-me culpado por meus atos.
Repórter: Você falou de atos. Quais os atos que se refere?
Zaqueu: Olha, como responsável por uma equipe que precisa produzir, a gente às vezes precisa cobrar com mais rigor, e acaba por pegar um pouco mais.
Repórter: Você falou em pegar, mais dinheiro?
Zaqueu: Sim, mais dinheiro.
Repórter: Zaqueu, Jesus Cristo sabia sobre os atos que você praticava?
Zaqueu: Hoje eu não tenho dúvida de nada a seu respeito. Sei que Ele sabe tudo, mas não me falou nada, eu é que não suportei recebê-lo com minha impureza. Naquele momento a única coisa que me importava era me livrar de tanta culpa.
Repórter: Você falou em se livrar, de que culpa?
Zaqueu: Dos meus erros.
Repórter: Jesus lhe pediu isso?
Zaqueu: Não precisou, a presença d'Ele é que não permite, a menos que você não tenha tido um encontro de verdade com Ele.
Repórter: Já que Ele não pediu nada a você, você também não prometeu nada, certo?
Zaqueu: O encontro foi mais do que um pedido, eu sentia que não podia ocultar nada a Ele.
Repórter: Você se tornou um seguidor de Jesus Cristo?
Zaqueu: A mudança é inevitável, e isso é que faz a diferencia. Quem quiser segui-lo não pode ter compromisso, nem mesmo com a vaidade de ser diferente, porque as honras do poder é d'Ele.
Repórter: Zaqueu, você pode dizer algo, como alguma sugestão, quem sabe...talvez de ter um encontro com Jesus Cristo?
Zaqueu: Ele falou aos seus, que, quanto à escolha, é Ele quem faz, a salvação vem pela graça, e falou que é preciso buscar o Rino de Deus, para ganhar a Vida Eterna...

Nenhum comentário:

Postar um comentário