sábado, 24 de agosto de 2013

Dignidade humana

Lutamos por um salário, ou por "espaço debaixo do sol", se preferir. A vida toda será assim. A chamada "Lei da sobrevivência", que parece empurrar a todos para uma luta, e exigido a vitória, como requisito, para fazer parte do grupo dos bem sucedidos, às vezes parece confundir, no que diz respeito à escolha...entre vencer e vencer com dignidade.

"Ganhe dinheiro. Não importa como, mas ganhe 
dinheiro".
Senhores(a), a cultura do ganhar dinheiro, sem importar como, traz consigo uma mensagem: Honestidade, justiça, respeito e outros atributos que fazem parte, até onde conhecemos, de um vida segura, onde o que é do outro, não é meu, parecem perder o sentido, até por  parte de pessoas, cujas cabeças é visível... de longe, a coroa do zelo. Então, os sermões, mediante o badalar dos sinos, ou as emocionantes pregações, atras dos púlpitos, mediante às sugestões insistentes de "entrega a jesus", as promessas dos palanques, as "transparentes prestações de contas", dos gestores, a colaboração dos representantes mais próximos do povo, os vereadores, a compreensão, ou entendimento do povo, e porque não? ou a vontade de transformar textos... em vivência, por parte dos "filósofos" das horas vagas, tudo isso pode ser mais um passa tempo que vem, não se sabe de onde e vai para lugar nenhum. Ou pode ser também, a luta para o entendimento, ou no mínimo uma busca, do segredo da libertação de um povo. Depende de mim, e de você. Da coragem, de seguir à frente e de não se envergonhar dos próprios atos.

Escrito por Jeremias, fotógrafo e blogueiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário