sexta-feira, 6 de setembro de 2013

"Independência ou Morte"

7 de Setembro de 1822. Em aproximadamente 12 anos, o Príncipe D. Pedro, mediante amizades e, digamos,  parcerias com o Brasil, proclamou a Independência da Colônia de mais de 300 anos. Mas, Se voltarmos à conturbada trajetória de Portugal, veremos que não foi por acaso, e nem sem problemas.

Portugal, parceiro de Inglaterra, e com boas relações com a Espanha e enfrentando crise com a França, que não aceitava que Inglaterra e Portugal fossem parceiros, sugere a Portugal o rompimento dessa amizade, e que fossem expulsos os Ingleses. Condição imposta, sob pena de uma invasão contra Portugal.

Mas, votando um pouco, antes da crise, mais ou menos em 1792, na Colônia de mais de "300 anos", portanto, Brasil, acontecia um problema: Um grupo de mineradores, nas Capitanias de Minas Gerais, mais precisamente em Ouro Preto, insatisfeito com a cobrança, considerada abusiva, do imposto sobre o ouro, se recusava a pagar o preço exigido pela Coroa Portuguesa, que prometia receber, de qualquer jeito, mesmo que tivesse que pegar ouro das famílias dos mesmos Mineradores. Tal situação, fez com que, o líder do Grupo, o senhor José Joaquim da Silva Xavier, se preferir, o Tiradentes, fosse rigorosamente punido, com a morte na forca. A Coroa Portuguesa, representada por Dona Maria primeira, não exitou em fazer valer seu poder, mostrando que não aceitava que fosse descumprida sua determinação.

15 anos depois de ter executado Tiradentes, toda a Coroa Portuguesa, embarca às pressas para o Brasil, fugindo do ataque francês, que fez aliança com a Espanha, e que tinha o objetivo de prender o príncipe Dom João, mais tarde Imperador, e tomar a Coroa. Coincidência ou não,  também, 15 anos depois, acontece a "Proclamação da Independência" da Colônia, por Dom Pedro I, que logo foi proclamado e coroado Imperador do Brasil, que saía da condição de Colônia para Monarquia.

Assim, senhores(a), hoje, 07 de Setembro de 2013, há exatos 191 anos, vivendo um certo patriotismo,  comemoremos esta data: Independência, mesmo que nos falte, e muito, esforço para contribuir para a  Independência que precisamos.

Muito obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário