quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Uma nova visão

Uma nova visão de progresso, ou simplesmente uma Nova visão. Chamemos isso do que quisermos.

O modernismo que, apesar de novo, tem sua raiz no passado. Poderíamos até chamar isso de atualização, ou entender, que são métodos antigos, com um olhar atento às necessidades do presente e às de futuro, cuja exigência já foi "vislumbrado" no passado, visto que o progresso grita por inovação.

Uma nova visão também, em relação ao comportamento ou atitudes dos que sabiamente querem concorrer, e isso com um propósito sincero de crescimento. Crescimento que ao invés de esmagar o outro, o concorrente, esteja disposto mesmo é de ajudar. Ensinamento, alias observado pelos pensadores do passado, como por exemplo ao grande cômico, e antes de tudo, grande ser humano, Charles Chaplin, como se expressava no filme O Grande Ditador. Levantando-se do seu assento, dirigindo-se ao púlpito, de onde pronunciou o mais belo discurso que a humanidade...não sei...mas, quanto a mim, o mais bonito discurso, vindo daquele que interpretou Adenoid Hynkel, ditador da "Tomânia", baseado no nazista Hitler. Já no final do filme, o personagem que figurava a destruição de seres humano. Mas, agora o ator, capaz de satirizar o nazista, naquele momento:   "Sinto muito, mas não pretendo ser um Imperador. Não é esse o meu ofício. Não  pretendo governar ou  conquistar quem quer que seja. Gostaria de ajudar - se possível - judeus, o gentio...negros...brancos. E mais à frente: "O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza...". E tudo isso, senhores(as), baseado nos ensinamentos de Jesus Cristo, que deve ser, do ponto de vista dos cristãos, a primeira busca a ser feita. Mas, senhores(as), o caminho que fiz, para falar de Charles Chaplin e de Jesus Cristo, não tira o texto do foco de Uma nova visão.

Ao lado de colegas, numa empresa, a necessidade da Nova visão, ou visão direcionada para o progresso, é maior. A parceria é indispensável. "Quem quer ser o maior, seja o servo de todos". Sem hipocrisia, essa verdade não é nova. Tem pelo menos, de acordo com a Bíblia, 2 Mil anos. Nova, deve ser a maneira de se implantar o progresso. Antes se acreditava que derrubando o colega, ou "puxando o tapete" dele, ou ainda tomando pra si todas as formas de atenção, ou ainda se escondendo a fórmula do que viria a contribuir, estaria se buscando  uma promoção na empresa. Essa forma de crescimento, contudo está fadada ao fracasso, o que nenhum dono de empresa, com um pouco de senso aceita, nem mesmo temporariamente.

Uma nova visão, deve ser a meta para o hoje, para o amanhã e para o depois de amanhã. Uma Nova visão com raízes na verdade, que mesmo com sua base no  passado distante, como o Sol, que volta todas as manhãs, não envelhece.

Tenhamos, senhores(as), uma Nova visão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário