terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Homenagens a Nelson Mandela


Não só agora, depois de morto...claro que não. Ele foi homenageado durante toda sua vida, acredito. Vendo sua historia, não tenho dúvida disso.

Nelson Rolihlahla Dalibhunga Mandela, aceitou correr vários riscos, inclusive de morte, em nome de uma causa justa, a luta contra a desigualdade racial, que certamente beneficiava um "Sistema", enquanto escravizava multidões.

A coragem de um Líder, pode  ter a simpatia de muitos,  no entanto, para um sistema que não permite o crescimento de um povo, isso caracteriza subversão e poder paralelo, o que pode custar caro; pode significar 28 anos de prisão, por exemplo. Mas 28 anos, não minaram a capacidade do Líder Mandela, que pela determinação que nutria em sua mente, se tornou, de acordo com fontes, o preso mais importante do mundo, tanto que um ano depois que foi liberto, foi eleito, num processo democrático, com 60% dos votos.

Sr. Nelson Mandela, cuja história, hoje o mundo, hoje conhece mais! Cuja vida... digo, Vida, e não morte, o mundo celebra. A Vida, que não pode mais se prender  num corpo debilitado, de uma matéria que precisa retornar às suas origens...  determinação, alias do Criador, quando no Jardim do Éder, apos constatar a desobediência de sua mais sublime Criatura, explica, como forma de sentença: "És pó, e ao pó voltarás"! Mas, a Vida... que no caso, será espelho para os sonhadores  das causas quase impossíveis, mas justas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário