domingo, 22 de dezembro de 2013

Líder: servo dos liderados!...?

Questionar é nosso dever, meu e seu. Que eu seja seu amigo ou não! Que você seja meu amigo ou não! E isso, não pode servir de álibi para eu concordar com você e nem você concordar comigo. A verdade seja verdade, independentemente disso ou daquilo.

Líder: "Um servo de todos". "Quem quiser ser grande seja o servo de todos". Jesus Cristo disse isso, quando a mãe de Tiago e João veio a Ele e pediu: Senhor, quando fores para tua Glória, permita que meus dois filhos, tome assento, um à tua direita e outro à tua esquerda...

Percebendo Jesus a indignação dos outros discípulos, por causa do pedido, Jesus disse: entre os outros, ser servido faz parte da honra, a vocês, seja diferente. Quem quiser ser o maior, sirva a todos.

O mundo fica indignado diante de situações parecidas com a sugestão da mãe, que tudo queria para os seus filhos. E porque não fazer um pediosinho assim para o Mestre? nada demais, para humanos, como somos. A indignação veio porque todos gostariam de fazer aquele pedido, e só aquela senhora ousou fazê-lo. Chegou primeiro! Já pensou... se tivesse dado certo?

A cartilha do Líder, oferecida por Jesus Cristo, a cada um de nós, está à nosso disposição. Não sou obrigado a aceitar, a menos que eu acredite que ela é correta, o que não quer dizer, também que eu tenha que acreditar, para que ela seja correta. Posso não me guiar por ela, isso posso. O resultado, é outra história.

Senhores(a), costumo dizer, quando o momento me sugere, que não acredito em política partidária. E na confraternização do partido onde estou filiado, causei um mau-está a um outro membro, com direitos iguais aos meus, acredito. Sou do Diretório do Partido, pelo menos me foi feita a sugestão a cerca e aceitei, não sei se ele é também, mas, fui quase agredido por ele, com palavras ditas publicamente, porque fiz um breve discurso, sugerindo que a Confraternização tivesse um espírito Natalino, uma vez que as confraternizações são por motivo do Natal. e a minha sugestão foi porque, o discurso de abertura, da Presidenta do Partido, foi um pré-Lançamento do seu nome para deputada, e eu, como membro do diretório, não fui informado disso.

Quando alguém me perguntou, se eu não estava entrando em contradição comigo mesmo, quando aceitei me filiar a um partido político, a resposta foi a seguinte: Recebi um convite da presidenta, e depois outros, de outros líderes de partidos, mas resolvi aceitar o primeiro. E aceitei a me filiar, porque fui informado que, assim eu teria mais direito de questionar o Política partidária. E não acredito que a Política partidária que conhecemos em nosso país, possa elevar ao povo, em sua mais plena dignidade, e por isso aponto  caminhos, e mais: faço parte de um grupo, cujo objetivo é conscientizar o povo para a existência de um Caixa, em organizações que venha favorecer seu os membros.

Aqui uma sugestão: Antes que um líder decida algo, como por exemplo: liderar um discurso, direcionando para esse ou aquele caminho, que consulte seus liderados, a menos que se trate do partidarismo que vai de mal a pior

Um Feliz Natal!

3 comentários:

  1. E o velho discurso de seu Jeremias nunca cai... Continua falando coisa com coisa. Não acreditar e se envolver é no mínimo estranho. Se eu não gosto/acredito, não participo. Agora usar um discurso pronto desde que saiu de casa apenas pra atacar a presidenta do partido em uma confraternização DO PARTIDO, é no mínimo, desrespeitoso. O discurso dela está gravado e em momento algum ela falou que era candidata. Aí veio esse seu discurso sem muitos recursos e muito vazio, muito bem rebatido pelo TESOUREIRO do partido, membro, tanto do diretórii, quanto da executiva do partido. Logo após, para seu delírio, a presidenta informou que O PARTIDO tem candidaturas a deputado em 2014 e vereador e prefeito em 2016. Se o senhor não lembra, seu Jeremias, foi assim que aconteceu. Infelizmente o senhor foi àquela confraternização na contra-mão de todos os outros presentes...

    ResponderExcluir
  2. E o velho discurso de seu Jeremias nunca cai... Continua falando coisa com coisa. Não acreditar e se envolver é no mínimo estranho. Se eu não gosto/acredito, não participo. Agora usar um discurso pronto desde que saiu de casa apenas pra atacar a presidenta do partido em uma confraternização DO PARTIDO, é no mínimo, desrespeitoso. O discurso dela está gravado e em momento algum ela falou que era candidata. Aí veio esse seu discurso sem muitos recursos e muito vazio, muito bem rebatido pelo TESOUREIRO do partido, membro, tanto do diretórii, quanto da executiva do partido. Logo após, para seu delírio, a presidenta informou que O PARTIDO tem candidaturas a deputado em 2014 e vereador e prefeito em 2016. Se o senhor não lembra, seu Jeremias, foi assim que aconteceu. Infelizmente o senhor foi àquela confraternização na contra-mão de todos os outros presentes...

    ResponderExcluir
  3. E mais: como é que seu Jeremias questiona o fato de não ter sido comunicado da decisão do partido em lançar candidatura própria, se o mesmo não compareceu a NENHUMA REUNIÃO ORDINÁRIA no ano de 2013? Isso mesmo. Não assinou sequer uma ata durante o referido ano. Queria ser informado via facebook, wattsapp, twitter...??? Lastimável...

    ResponderExcluir