quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Do que o mundo mais precisa para uma realização Plena


Napoleon Hill, em um dos seus livros, conta sobre um homem  bem sucedido, no ramo imobiliário. Tinha várias casas alugadas, era rigoroso com o negocio, não aceitava atraso nos pagamentos  de seus imóveis. Certa vez descobriu que um de seu inquilinos não estava pagando o aluguel, já fazia alguns meses. Chamou seu advogado e foram fazer o despejo. Chegando lá, encontraram  a porta entreaberta, e viram um casal de idosos, ajoelhados. Eles oravam, pedindo a Deus, que tivesse compaixão deles, que não os abandonasse, pois estavam sujeitos a ficarem sem lugar para morar, porque não estavam podendo pagar o aluguel, e  não tinham quem tomasse conta deles, que já eram bastante idosos e não tinham filhos;  porque o que tinham tido, Ele(Deus), havia levado.

O Advogado olhou para o homem, "bem sucedido", seu cliente, e disse: o senhor procure outro advogado para fazer o despejo deste casal de idosos, eu estou entregando o cargo.

O proprietário da casa, cujos moradores deveriam ser despejados, olhou para o advogado e perguntou: porque não fazemos uma cesta básica para eles? por mim, disse: ficarão o resto de suas vidas na casa.

Depois que tomou a decisão de não despejar aqueles moradores, e deixá-os morar ali sem pagar, aquele homem, disse ter sentido uma paz nunca experimentado antes.

Depois de ler sobre o que narrou Napoleon, de que o mundo mais precisa para uma realização? ou do que nós mais precisamos?

A caridade, subtendida no "Amai-vos uns aos outros", de cuja virtude usou Jesus Cristo várias vezes em suas parábolas, para explicar o amor de Deus, é sem dúvida o segredo da realização plena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário