sábado, 8 de março de 2014

Resposta às reclamações do Facebook


O ser humano é capaz de assimilar ...acredito, quase tudo, até a falta de capacidade de crescer. Então surge uma outra alternativa para a sobrevivência: Posso ganhar "de graça"! Há um engano aí...não sai de graça o que vem dos "políticos", pode saí até mais caro, porque contamina todos os fracos, e tem um poder de enfraquecer os que se julgam fortes. Eu hoje dou a alguém uma coisa, e digo: me ajuda, amanhã te dou mais. Amanhã eu, realmente dou. Continuo sendo ajudado e "ajudando". Assim, chega um dia que não preciso mais dizer que vou ajudar, a pessoa já trabalha para mim. Na política é assim, só que o contagio é maior, porque é associado ao: "é o dever dele", se diz assim sobre o "político" que "ajudou". Querem ver uma coisa? o meu amigo Fábio da Van, irmão de uma pessoa que admiro muito, o Paraibinha...Fábio foi um dos mais fortes cabo eleitoral do candidato que hoje é nosso prefeito, o pior que já vi em Bacabal. Ele, o sr. prefeito, de acordo com o próprio Fábio, prometeu um cargo de Secretário. Não cumpriu a promessa. Parece que em troca da secretaria, pagou vinte mil, por isso Fábio "detona" nosso ilustre prefeito. Agora, uma pergunta: os senhores acham que se Fábio, fosse hoje Secretário, estaria fazendo oposição? ou seria um dos que estão lá defendendo? Senhores(a),eu sou, talvez o fotógrafo e blogueiro mais fraco de nossa cidade. Bacabal me acolheu e me sustenta, e também eu quero ajudar, não a fazer uma manifestação que se caracterize uma sugestão de me vender, mas, se seguirmos, pelo menos um décimo do  mandamento "Amai-vos uns aos outros". Eu ajudei formar um grupo, cujo estatuto ainda em andamento, para formar um Caixa, que ajude a tirar os membros das dificuldades financeiras. O Caixa já existe. Não pretendo me candidatar a nenhum cargo político, mas quero ajudar a organizar um grupo que realmente queira fazer a diferencia. O povo unido e organizado, sem demagogia e sem hipocrisia, pode mudar o destino de seu país. O resto, é balela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário