sábado, 10 de maio de 2014

Mensagem para o dia das mães

Mamãe, aos 82 anos de idade, em 19 de 
Março de  2014

O mundo parece girar todo em torno do comércio. Digo, do comércio que envolve o processo  de compra e de venda. Assim, os sentimentos parecem esquecidos, e o desejo pelo poder proporcionado pelo dinheiro, ganha espaço.

Não concordo com os poemas bonitos, que ao longo do tempo foram escritos ou recitados por muita gente. Nos colégios, nos ensinaram poemas rimados, que fala das mães. O dever dos filhos...de todos os humanos, uma vez que todos nós temos mães, ultrapassa e muito, qualquer propaganda, que transforma a hipocrisia em santidade. A obediência, admiração e respeito que devemos ter em relação às nossas mães...e também aos pais, deve ser algo sincero, e não somente na frente das câmeras, ou nos textos postados na internet, que na maioria das vezes visa somente mostrar algo que não temos:  o verdadeiro amor à pessoa, a quem o Criador proporcionou a graça  de dá a luz, capaz de qualquer defessa para livrar os filhos, do que quer que interprete como mal. 

O fato de não concordar com as propagandas, em relação ao nosso dever para com as  mães, não significa que eu não admire ou respeite os poemas profundos e sinceros. Sou contra palavras bonitas, quando na prática deixamos a desejar. Mas, a sinceridade é, e deve ser admirada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário