sexta-feira, 30 de maio de 2014

Somos todos Instrutores...ou Alunos...


O que nos ensinam, é que todos somos Instrutores, mesmo quando estamos Alunos...ou vice versa.
A vida tem me dado muitas oportunidades. Creio que não só a mim. O problema é reconhecê-las.

Como fotógrafo, posso experimentar das maravilhas da natureza,  e do que o Deus da natureza, me proporciona. Cada momento que fotografo, sei que é  único, porque as coisas correm. E não sou Fotógrafo por que preciso ganhar dinheiro para viver. Preciso ganhar dinheiro, sim, mas, fotografar por amor, me proporciona isso. Pode ser que o mundo não reconheça, mas, Deus, o Criador, que descubro em minha vida, e em meus registros, reconhece. Isso basta. Minha missão, Ele me ajudará a cumprir. Ganhar dinheiro, me anima, mas, não é a maior bênção...

Gostaria de sentir nas pessoas, a vocação, ao exercer seu trabalho, porque, o trabalho que fazemos, não fazemos somente para nós. Por isso, quando fazemos só por dinheiro, fazemos somente nossa obrigação. Quando fazemos por amor, fazemos para ajudar na construção do mundo.

Estou, juntamente com a Polícia Militar, encerrando uma jornada. Um curso, da Força Tática, que se iniciou em Bacabal, há um mês, sendo quinze dias em São Luís, onde não estive com eles. Mas, em Bacabal, já são outros quinze, e será um pouco mais, e estou lá, todos os dias, para fotografar, observar, e tirar material para uma matéria, mais ou menos detalhada, que será postada, mais ou menos, na Terça Feira(3 de Junho). Quero só acrescentar uma coisa: Se eles levarem para o dia a dia de PM, que são, o que receberam no Curso, mostrarão ao mundo, o segredo para uma conquista. Ajudarão o mundo a ser mais humano.

* Quando nos descobrimos, percebemos que somos peças da engrenagem que faz girar o mundo! * 



Nenhum comentário:

Postar um comentário