quinta-feira, 26 de junho de 2014

A luta pela superação

A fraqueza humana é tão grande, que dificilmente a gente consegue o que quer. Muito embora, como dizia o rei Salomão, em sua oração, tenhamos a coisa ao alcance da mão. Em outro trecho da  oração, ele diz: tímidos são os pensamentos dos mortais, e incertas as nossas concepções, porque o corpo corruptível torna pesada a alma, e a morada terrestre oprime o espírito carregado de cuidados. Mal podemos compreender o que está sobre a terra...

Mais na frente, apos uma série de constatação, uma interrogação: Quem, portanto, pode descobrir o que se passa no céu? E quem conhece vossas intenções, se vós não lhe dais vossa sabedoria, e se do mais alto dos céus, vós não lhe enviais vosso Espírito Santo? Assim, se tornaram direitas as veredas dos que estão na terra. "Os homens aprederam as  coisas que vos agradam, e pela sabedoria foram salvos".


Vai chegar o momento em que nada podemos fazer. O que aprendemos, ou o que treinamos, de nada vai valer, mas, o que Deus determinar.

De acordo com o sábio rei Salomão, a vida na terra nos enche de cuidados. A incerteza toma conta de nós. Normalmente o medo de não dá certo é maior, e quando tentamos assim mesmo, é desafiando o medo, que, de acordo com os sábios, está dentro de cada um de nós.

Nada de certeza. Podemos vencer, ou não. E se não procurarmos desapegar do medo, estaremos mergulhando num pesadelo constante, que nos arrastará a todo momento para a derrota.

Enquanto escrevo, recordo do filme Karate Kid, quando Daniel San, pergunta ao seu mestre, senhor Miyagi, se vai vencer a luta. Ao que responde Miyagi: isso não importa agora. Se não ganhar, perde.

Falando de Artes Marciais, elas procuram passar para o discípulo, o que entendem como verdadeiro propósito da vida, que é a construção do homem, a partir da superação de si mesmo. É a preparação para vencer o medo, que nos impede de ir em busca dos sonhos. Crer é superar a dúvida.






Nenhum comentário:

Postar um comentário