segunda-feira, 16 de junho de 2014

Em busca de um milagre


Milagre ou algo que se possa atribuir a uma revelação divina, é algo que buscamos com frequência, como apoio à fé que queremos ter.

Mas, isso não é de agora. Na época de Jesus Cristo, há um pouco mais de 2 mil anos atrás, as pessoas já pediam um "Sinal do Céu". As curas que Ele fazia, fomentava ainda mais, o desejo por mais sinais.

Certa vez, Jesus chegou na casa do amigo lázaro, que havia quatro dias morrido, e de cuja enfermidade, Jesus tinha sido avisado.  Uma das irmãs de Lázaro, Marta, ao ver Jesus, comentou: "Se estivesses aqui, meu irmão não teria morrido", momento em que Jesus falou que Lázaro  ressuscitaria. Mas ainda mergulhada em tristeza e dúvida, ela replicou: sei que ressuscitará no último dia. Ao que disse Jesus Cristo: "Eu sou a ressusrreição e a vida, quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá". E quando chamou a Lázaro, em oração, disse Jesus: "Pai, eu bem sei que me ouves, mas eu disse isso, por causa da multidão que está aqui, para que crerem que tu me enviaste".

E queremos sempre mais. Pedimos algo, a Deus, recebemos, mais do que pedimos, mas ainda não acreditamos, que estamos sendo atendidos...e queremos algo mais concreto. Assim, se O víssemos descer numa nuvem, ainda queríamos vê-Lo andando ao nosso lado...porque a fraqueza da carne, não nos permite acreditar em Deus. Porque, como disse o Rei Salomão em sua oração, para pedir a sabedoria, tímidos são os pensamentos dos mortais, e incertas as nossas concepções, porque o corpo corruptível torna pesada a alma.

Em meios a tantos textos, que se escrevem de internet a fora, não tenhamos medo de postar algo relacionados ao poder do Bom e gracioso Deus. Que os nossos pecados, não sejam maiores que nossa fé.



o tumulo de lázaro em betânia

Nenhum comentário:

Postar um comentário