domingo, 15 de junho de 2014

Representante do Povo


A cada momento nos deparamos com situações, que parecem nos pedir  sugestões, ou mesmo, uma maoznha para resolver alguma coisa.

Um amigo, pessoa muito trabalhadora, que vem prosperado bastante na sua área, chegou para conversar comigo, sobre sua decisão de disputar um cargo partidário: ser deputado. 

Quando se pergunta a alguém, o porque de querer ser político partidário, a resposta, vem quase antes da conclusão da pergunta: "para ajudar o povo". Uma resposta que pode até ser sincera, mas que me obriga a não acreditar, porque já conhecemos como procedem os "Políticos".

Voltando ao amigo, que disse querer ser "Político",  a "vontade de ajudar", é também seu desejo, e eu contesto, porque ele é bem sucedido em seus negócios, sabe que tem que gastar dinheiro na campanha, e não é pouco. Isso significa investimento, que quer dizer, busca por mais dinheiro. O que prova que não é ajudar, o principal foco.

Mas, quanto ao povo, o que fazer, para não se obrigar a também investir, com a venda de voto?

Tenho a resposta: Se organizar em grupo, e montar um *Caixa, que funcionará como investimento, ou socorro, nas maiores necessidades, como por exemplo, na questão da saúde. E que seja mantido por mensalidades pagas, pelos sócios. As mensalidades geram uma economia, que deve ser investida. A Organização deve sr mantida na mais perfeita transparência...ou será mais uma filosofia, que não sairá do papel.

Quanto a mim, que sugiro um grupo, como saída, posso ser indagado, se isso é só "blá blá blá", ou se posso mostrar na prática, e eu respondo: Sou membro de um grupo, cuja idealização, foi nossa. Temos um *Caixa, sim.


Nenhum comentário:

Postar um comentário