sábado, 5 de julho de 2014

Candidatos ao poder


Começamos a ser vistos, até no escuro. Muitos olhos atentos estão nos "filmando". Já não passamos mais despercebidos! Afinal, a Campanha Política já está começando.

Me recordo, de que um certo dia eu me encontrava na porta do meu Studio  Fotográfico, quando estava acontecendo uma passeata política. Muitos carros passando...e em um, numa carroceria estavam dois candidatos, que com um sorriso largo, me cumprimentaram, e falaram meu nome, como se fossemos grandes amigos.  Falei para a moça que estava a meu lado,  que trabalhava comigo: Você está vendo como sou conhecido por pessoas importantes? Os candidatos, um a prefeito e o outro a vice, realmente me conheciam, mas a maneira que dirigiram aquele sorriso, não podia ser para mim. A menos, é claro, que se tratasse de campanha política. 

Senhores(a), respeitar os candidatos, é nosso dever. Elogiá-los, não. Acreditar...deveríamos, até porque, para que cheguem ao ponto desejado, precisam de nossos votos. Mas, na maioria das vezes, não acreditamos. Pelo menos, quando dizem que vão nos representar.

Receber presentes...para ficar a favor de quem os dá, pode caracterisá-se, suborno. Lembrar dos discursos, com palavras bonitas, muitas das vezes, até falando no nome de Deus, para sensibilizar o eleitor, é no mínimo, faltar com o respeito, com os que inocentemente, aplaudiram.

Senhores(a), o nosso  aborrecimento, quando os nossos "representantes", assinam algum papel, em troca de favor pessoal, é inevitável. Mas, enquanto votarmos em troca de dinheiro, de emprego, ou de outras esmolas, continuaremos assim. Não temos nem mesmo, o direito de reclamar, porque, o povo tem o poder, mas entrega ao candidato, que uma vez eleito, transforma em império, para ele e massacre para o povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário