domingo, 13 de julho de 2014

Final da Copa do Mundo 2014




Grandes Seleções estiveram por aqui. Foram 31 e mais a nossa, totalizando assim, 32. Na proporção que eram eliminadas, iam deixando a nossa terra. 

Na realidade o que aconteceu foi uma integração de povos. O Brasil teve o privilégio de recebê-los, de vender o que eles precisavam comprar, de prestar o serviço sugerido por eles, e eles, tiveram o privilégio de aprender muito, da nossa cultura  do bom acolhimento. 

Ainda somos um povo pacato. Só temos 500 anos de descoberto. Ainda somos um pouco Índios e negros escravos, que adimira os estrangeiros, e os trata bem. E nos causa constrangimento, quando o noticiário dá conta de que nossa gente, talvez por questões que não entendemos, fiquem presos em aeroportos de países ricos, de cultura diferente da nossa. 

Não nos vingamos, contudo. A empolgação do espírito esportivo, tomou conta de todos nós, brasileiros e não brasileiros. 

Assistimos a festa dos alemães,  que apesar de nos derrotarem de 7 x 1 demonstraram, e pediram respeito para nossa Seleção. E quase choraram, quando viram a desolação dos nossos jogadores. Tanta cordialidade, conquistou quase toda a nossa torcida.

E assim, alemães, argentinos e todos os outros, voltarão para suas terras, com  saudade. Saudade, que durante muito tempo, vai permanecer. E em alguns casos, talvez, permaneça pelo resto de suas vidas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário