sexta-feira, 11 de julho de 2014

O Desembargador Antônio Guerreiro Júnior, concede entrevista a uma TV em Bacabal



Assistindo a entrevista do Desembargador Guerreiro Júnior, concedida ao  Apresentador J.Erre, o telespecdador atento,  pode constatar o equilíbrio das respostas, inclusive, quando as perguntas, pendiam para o lado partidário.

Quando falo, inclusive para o lado partidário, é porque vejo uma facilidade muito grande, de se fazer oposição, ou de se abraçar este ou aquele lado político. Quando na realidade, isso  não tem rendido positivamente para o povo, que por sua vez, não sabe muito o que fazer, quando a questão é  escolha. 

Quando os "Representantes" escolhidos, parecem perder a capacidade de representar dignamente, o  seu povo, a liberdade desse mesmo povo, fica comprometida. O direito de escolha, passa a não existir, porque a necessidade financeira, causada por uma cultura que ainda vivemos, é quem determina. 

As perguntas, vindas por mensagens telefônicas, fluíram. E aqui destaco uma, de maneira bem particular: A que indaga, se a empresária Gisele Veloso, é ou não sua namorada. Como resposta, o Des. explica, se tratar de uma Assessora sua, quando acrescenta uma frase mais ou menos assim:"Estou solteiro, estou na pista".

O cuidado com as respostas, parece ser o ponto chave de uma conversa, sobretudo, quando essa, uma vez publicada, toma rumos diversos, em virtude das muitas interpretações. E o Desembargador, entendo eu, durante a entrevista, nos deu uma lição nesse sentido. 










































































Nenhum comentário:

Postar um comentário