quinta-feira, 10 de julho de 2014

O Desembargador Guerreiro Júnior se posiciona a cerca do caso do Juiz da 6ª Vara Cível da capital, que custou abrir a porta ao advogado Manoel Carvalho


DEFENDAMOS A DEMOCRACIA, DEFENDAMOS OS ADVOGADOS:

Espero que a Diretoria da OAB tome medidas enérgicas e urgentes contra o juiz da sexta vara cível da capital, por abuso de autoridade, denunciando-o junto ao CNJ e responsabilizando-o judicialmente ( sim, juiz responde processo!) pela humilhação imposta ao advogado Manoel Carvalho (que não conheço pessoalmente, mas a sua luta é de toda a sociedade, e minha também).

É um absurdo que cenas como a retratada pelo blog do Cardoso ainda aconteçam no Maranhão. Juiz é servidor público, assim como qualquer outro servidor que é pago com os cofres estatais.

A atitude do Juiz que ordenou a prisão do advogado Manoel Carvalho é arbitrária, prepotente e irresponsável. Não se admite no Estado Democrático de Direito que pessoas se julguem acima das leis, ainda mais aqueles que são pagos pela coletividade para zelá-las.

A defesa das prerrogativas dos advogados, não está inerente somente à sua atividade profissional, mas a toda a sociedade, tendo em vista que é ele quem zela pelos direitos de cidadania do homem comum, frentes aos super poderes do Estado, e neste caso, também, da insanidade de algumas autoridades (que às vezes comentem o equivoco de pensarem que são deuses).


Acesse o nosso Face boock: Jeremias Pereiera dos Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário