quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Estamos chegando no momento de escolher...!


Mesmo numa democracia, digo, num  sistema de "Governo do povo pelo povo e para o povo", que na realidade, não funciona, com a intensidade do bonito significado grego, estamos chegando a mais uma eleição, quando nós os brasileiros, exercendo nossa cidadania, iremos, às urnas, para escolher, Deputados, Governadores, Senadores e Presidente da República.

Já não acreditamos tanto no processo eleitoral, como acreditávamos, no passado, digamos de vinte ou trinta anos atras. No entanto, a solução continua nas mãos de cada um de nós, do homem ou mulher, que faz o trabalho mais humilde, como a  limpeza pública, ao mais alto emprego, como no caso do Presidente da República.

Temos que acreditar numa verdade incontestável: Todos nós, estando num estado mental considerado perfeito,  e de acordo com as leis, podemos nos candidatar a um cargo público. Todos nós estamos sujeitos a deixar de cumprir o que prometemos numa campanha política, sobretudo, quando aceitamos fazer parte de um novo grupo, a partir do momento que saímos  da condição de candidatos e passamos à condição de gestores. Sim, mas, também podemos tomar a dianteira da administração de um município, de um estado ou de um país, com a convicção, de que não somos donos, mas representante. Então a desculpa de que o "sistema" é o culpado de tudo não dá certo, simplesmente seria descartada.

A solução para melhorar, até que alguém prove ao contrário, é a convicção de representar um povo, dentro dos moldes, digamos assim, indicado pelos ensinamentos bíblicos. Onde o temor de Deus, tome a frente, e a vaidade dos gestores não prevaleça. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário