domingo, 23 de novembro de 2014

Um encontro com Deus


Certa vez, depois de uma conversa comigo, uma irmã minha me sugeriu um encontro com Deus. Ela percebeu que algo não estava indo muito bem, e me disse: "Mano, tenha um encontro  com Deus..."!

Um encontro é algo que acontece, para...uma conversa, ou um outro tipo de entrosamento. Mas, um encontro com Deus, é um encontro com o Pai...criador, que somente é visto pelos olhos da Fé, que nos são dados pela graça do próprio Deus.

As religiões são caminhos, pontes ou correntes, que têm a função de reaproximar, ou de religar. Alias, a palavra religião, vem do latim, relligare, ou religar, na tradução do português. No caso, religar o vínculo que temos com Deus. Isso porque, de acordo com o que aprendemos,  foi desligado, quando o homem desobedeceu lá no jardim do Éden.

Consideremos uma coisa: os grandes sermões, dirigidos por pessoas ligadas a esta ou aquela igreja, desta ou daquela  religião, podem ajudar muito, mas, o Encontro propriamente dito vem pela graça, e pouco ou nada se pode fazer para uma explicação convincente.

Mas, senhores(a), iniciamos nossa tarefa na jornada da vida, quando  por aqui, chegamos, acredito. Temos muito o que fazer para ajudar no aperfeiçoamento da raça humana, e o tempo passa muito rápido. Nossas limitações podem nos atrapalhar...ou ajudar. Isso pode depender de como encaramos o  caminho que iremos trilhar. Ajudar a descobrir o motivo da vida é nossa tarefa. E este é o motivo deste texto. 

Gostaria de acrescentar esta frase de um filósofo que encontrei na internet:
“Não importa o que acontecer em sua vida, sempre acredite
que isso foi a melhor coisa que poderia ter acontecido.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário