quinta-feira, 28 de maio de 2015

Andrew Carnegie


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Andrew Carnegie
Nome completo Andrew Carnegie
Nascimento 25 de novembro de 1835
Dunfermline, Escócia
Morte 11 de agosto de 1919 (83 anos)
Lenox, Massachusetts
Nacionalidade Reino Unido britânico
Ocupação Empresário e filantropo
Andrew Carnegie (Dunfermline, Escócia, 25 de novembro de 1835Lenox, Massachusetts, 11 de agosto de 1919) foi um empresário e filantropo estadunidense nascido na Escócia. Fundador da Universidade Carnegie Mellon.

Caracterização

A história de Andrew Carnegie faz parte de um dos períodos mais profícuos da economia americana[carece de fontes]. Ele, que inicialmente ganhava a vida como catador de carretéis de linha, foi um dos maiores industriais do capitalismo norte-americano. Trabalhou desde menino e ainda jovem já tinha ambições de alcançar o topo. Falhou no início. No entanto, persistiu e conseguiu chegar ao ápice no mundo dos negócios. Considerado baixinho, com aproximadamente 1,60 m, falava com energia, tinha opiniões fortes, era provocador e de um raciocínio rápido para compreender o que lhe interessava. Carnegie agia como um investidor ávido do mercado de capitais. Graças ao instinto para os negócios e às boas relações com políticos em Washington, fechou acordos milionários. Sua ascensão é a fábula norte-americana clássica do homem que enriqueceu do nada.
Andrew Carnegie, o rei do aço, era chamado de “barão ladrão” pela imprensa da época devido à sua capacidade de manipular a mente das pessoas. Andrew nomeou Henry Clay Frick como presidente da siderurgia, começou pregar uma conduta de preços mais baixos e maiores escalas de produção, aumentou a lucratividade das empresas, desrespeitou os empregados, os quais passaram a trabalhar 84 horas semanais e as greves eram reprimidas com violência. Carnegie entrou em divergências com Frick por causa de suas atitudes, o que acarretou em sua demissão[

Nenhum comentário:

Postar um comentário