quinta-feira, 28 de maio de 2015

Um novo Sindicato




A cada dia que se vive, percebe-se que falta alguma coisa. Estou sendo generoso, porque, eu particularmente, acho que falta quase tudo mesmo.

Na realidade, não conheço alguém sincero para achar que sua vida está completa, até porque, acredito que a natureza fez muitas coisas para serem melhoradas, inclusive o homem, que chega por aqui, vive um pouco, vai embora, e...ninguém mais se lembra dele, a não ser que deixe algo que se associe a seu nome.

Sou Fotógrafo, já faz um bom tempo, mas também já promovi eventos, dentre outras coisas. Mas, o que quero dizer aqui, é que, depois que promovi um evento: 1ª Peixada do Blog do Jeremias, que aliás foi um evento com resultado satisfatório, por conta dos 47 patrocínios que recebi de amigos. Mas, voltando ao que quero explicar, percebi entre as pessoas que promovem eventos, uma concorrência...desleal mesma, onde a classe não pensa nela, como classe, mas, cada um procura se livrar do outro, porque cada um pensa em si, e que os outros se lixem.

Entendi, que promover eventos, pode ser muito bom, e pode gerar entre a classe, se se organizar, uma parceria que será espelho para as outras. Então sugeri meu ponto de vista, que aliás, descobri que quase todo mundo pensa igual a mim, e até alguns tentaram e pararam na barreira do egoísmo, ganância e todo tipo de sentimento que pode tudo, só não construir.

Depois de falar com algumas pessoas, que concordaram comigo, resolvemos fazer, ou criar, se preferir, um Sindicato dos Organizadores de Eventos e Afins, de Bacabal e região.

Senhores(a), se alguém perguntar se está pronto, respondo que sim, porque descobrimos que existe um algo, chamado parceria, que talvez seja a palavra chave para as coisas acontecerem. E porque não? o objetivo, senhores(a), é, em primeiro lugar entender, que uma Associação, Sindicato, ou o que quer que seja, que envolva o coletivo, não é propriedade individual e nem propriedade sem dono. O que deve fundamentar um grupo, é sem dúvida, é o espírito da parceria. Se eu estou bem, devo aceitar, porque muitos não estão, e o que hoje me favorece, é algo que a natureza me proporcionou para dividir. Se não estou bem, devo participar, porque preciso aprender com os outros, o caminho para a felicidade. Aliás, senhores(a), quase todos nós já ouviu a conhecida frase: "É dando que se recebe", usada até pelos demagogos e pelos que se acham espertos o suficiente para enganar a todos...usando os "palanques" da vida, para oferecerem um paraíso, porque sabem que a lei da miséria se baseia na falta de conhecimento, falta de educação, e acima de tudo, falta de parceria.

Estamos abrindo nossas portas(do Sindicato) para todos quantos se considerarem organizadores de eventos. Não descartamos a parceria com nenhum dos senhores(a). As questões pessoais, quando existirem, serão colocadas a limpo. E assim, senhores(a), podemos ser espelhos, para uma sociedade que precisa de algo de nossa parte, porque somos parte dela, temos obrigação com ela e é ela quem nos permitiu está por aqui, com alguma coisa que chamamos formação de opiniões.

Se preferirmos, busquemos força no "Amai-vos uns aos outros"...que apesar do tempo de mais de 2 mil anos não envelheceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário