quarta-feira, 17 de junho de 2015

Com o Recadastramento Eleitoral Biométrico, é impossível a fraude eleitoral?


A Urna Eletrônica já é bastante segura, foi o que disse o Desembargador Eleitoral, Dr. Eulálio Figueredo, quando fazia seu discurso no Cartório Eleitoral.

Garantir uma eleição sem fraude, contudo já não é trabalho de uma Urna Eletrônica, de um Recadastramento Biométrico ou do que quer que seja. Isso é uma questão do  cidadão(a), que  precisa de uma conscientização moral, como base para a vida. E tal conscientização supera a necessidade financeira e a miséria, que estão na mente dos que se deixam levar e ainda se dão o trabalho de criarem álibis para explicarem o porque, disto ou daquilo.

Vamos condenar? Vamos crucificar, ou propor algum outro tipo de punição aos que promovem a corrupção ou aos corrompidos? Não temos o direito, não temos a moral, não temos o poder...e nem somos sem pecados. Contudo, a nossa missão por aqui, se é que temos alguma, talvez seja tornar a vida...nossa e dos outros, um pouco mais satisfatória, mais bonita, harmoniosa e mais admirável, para nós e para os que por aqui vão chegar. E para isso precisamos tentar descobrir o caminho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário