quinta-feira, 4 de junho de 2015

Dia da Imprensa! Valeu, senhores(a)...!


Já um pouco atrasado, mas, aqui vai um pouco do nosso dia. Digo, do que aconteceu no dia da Imprensa de Bacabal.

Um encontro, entre Imprensa, familiares e amigos da Imprensa, nos aproximou um pouco, creio, sobretudo no momento do abraço, sugerido por Carlos Henrique, novo convertido da Igreja Evangélica.

Saímos dos nossos lugares, em busca de abraçar os amigos...digo, colegas de profissão. Naquele momento, minha vontade era de ir em busca de algum colega que não fosse tão amigo, porque senti que o momento era propício para isso. Sei que muitos sentiram algo parecido.

Valeu a iniciativa de Salomão Duarte, que ofereceu sua casa para nosso encontro, valeu o convite feito pela jovem Fladiane, de quem recebi uma mensagem.

Valeu, senhores (a), o momento de descontração que proporcionamos a nós mesmos. Valeu o desabafo de Alberto Barros, que num breve discurso...em tom de pedido de desculpas, se expressou tão bem. Como valeu o discurso de Osmar Noleto, o cantar desafinado do cinegrafista Chiquinho, acompanhado pelo violonista Junior Manga Rosa.

Valeu, senhores (a), a participação de todos quantos estiveram lá, porque, o brilho daquele momento foi feito por cada um de nós.

Valeu, saber que  o desejo de cada um de nós é ser útil, e poder oferecer à sociedade da qual fazemos parte, e que nos sustenta, o melhor. Isso nos empurra para o cumprimento de nossa missão como Imprensa e acima de tudo, como pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário