sábado, 12 de março de 2016

Quando sou conivente com a corrupção...!

Cada vez,  que por negligência, deixamos de fazer parte de um grupo para a conscientização do povo estamos sendo conivente com a corrupção. 

Quando o presidente de uma Associação de Moradores, ou de um Sindicato, pela influencia que tem junto à entidade, consegue um emprego da prefeitura, está cometendo um ato de corrupção.

Quando peço patrocínio a um político com mandato, para o evento que estou promovendo, estou praticando corrupção, porque o dinheiro que o político vai me dar é provavelmente desviado.

Quando, para ficar de bem com o poder, atrapalho a organização do povo, estou sendo corrupto. Portanto, senhores (as), antes de chamar o político de corrupto é bom fazer um balanço de nossas atitude ou da falta delas. Nossa cultura, a cultura do "se dar bem", nos torna preguiçosos e corruptos.





































Nenhum comentário:

Postar um comentário