sábado, 30 de dezembro de 2017

Estamos vencendo 20017... Que venha 2018




Iniciativas que possa levar ao crescimento é do que realmente precisamos!

Estamos vencendo o 2017,  graças a Deus, que nos conduziu até aqui. Se não tivemos a vitória esperada, da forma que gostaríamos, mas, estamos aqui, prontos para analisar onde erramos, porque certamente queremos acertar.

Como falam os filósofos, "A vida é curta, para que queiramos apequená-la ainda mais". Pensamentos mesquinhos são para mentes pequenas, que não pretendem ajudar. E  aqui, lembro de um dos meus instrutores de Artes Marciais, que falava da obrigação que temos de ensinar o que aprendemos. Mas, acrescentava: "Se alguém não aprende para ensinar, é melhor pegar uma pedra e amarrar no pescoço e se jogar da ponte de São Francisco quando a maré estiver cheia". 

Temos muitos motivos para o recalque ou a frustração, mas, também temos muitos motivos para elevarmos nosso ego, agradecer a Deus, e retribuir o que d'Ele recebemos, ajudando aos outros. Podemos ser pequenos por convicção, ou entender que, como parte dessa humanidade e desse universo, somos parte da engrenagem para fazer uma humanidade melhor para nós e para os que virão depois de nós, porque, como os outros que vieram e se foram, nós também vamos, mas, que nossas obras fiquem. 

Tenhamos um Feliz 2018


terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Uma carta ao Papai Noel

A praça Santa Terezinha, que estivera por alguns anos abandonada, recebeu em 16 de dezembro a casinha do Papai Noel, que veio acompanhada do brilho de natal, e ficará até 07 de janeiro de 2018.

Nesse período, de 11 dias muitas crianças, acompanhadas dos pais ou responsáveis visitaram o Papai Noel, abraçaram-no, fizeram seus pedidos, receberam pirulitos, balões, algodão doce e tiraram muitas fotos. E nessa terça feira (26), o Papai Noel, que ao longo desses 11 dias já recebeu um grande número de crianças,  recebeu uma cartinha interessante e quis publicar.

A simplicidade da carta chama atenção pelo conteúdo, que não apresenta nenhum pedido, mas agradece pela amizade.  E quem escreve é uma menina... que sempre acreditou que o Papai Noel existe. Ela agora  está feliz por tê-lo encontrado e pela amizade.

Aqui está a carta:




segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Um brilho de Natal para Bacabal ...e para gente


Numa gestão pública, como na vida, cada um de nós tem uma missão! Um pouco de brilho nas ruas, como nas pessoas, nos mostra onde colocar os pés...ou a confiança. 

Estamos acreditando num trabalho de gestão pública, que tem a participação de todos da sociedade de Bacabal. Mas, como, "A quem mais foi dado, mais será cobrado" , como falou Jesus CRISTO, a cerca do Reino de Deus, aos que têm uma função, seja o gestor maior, seja o servidor que está lá com uma vassoura, seja a pessoa que tem a humilde função de captar, através de uma lente fotográfica, momentos, que se transformam em registros necessários para uma prestação de contas com o povo, nossa tarefa precisa ser cumprida. Nossa cidade precisa de brilho, como nossa função precisa de empenho. 

Assim, podemos ser o brilho do Natal! Porque, como sugere o próprio Jesus Cristo, que é o motivo principal da maior festa cristã do mundo, o maior presente somos cada um de nós. E então...tenhamos um Feliz Natal!




 


















domingo, 24 de dezembro de 2017

Moradores de Rua em Bacabal têm um momento de confraternização




A essência do Natal é entender que o nascimento de Jesus Cristo não é uma festa comum. Trata -se de algo divino. E esse entendimento, que já é muito limitado, para por aí, se Deus, com sua infinita bondade,  não der a sabedoria, e se não enviar o seu Espírito Santo, como diz o rei Salomão, em sua oração para pedir a Deus a sabedoria. E ele pediu, porque entendia que dela precisava para conduzir o povo de Israel, cujo destino acabara de receber do pai Davi, em forma de coroa.

Com um pouquinho desse entendimento, às vezes conseguimos um pouco de generosidade, apesar de sermos muito pequenos.

E a prefeitura de Bacabal, formada por suas secretarias, com seus respectivos gestores, cada um com suas respectivas equipes, consegue...um pouco atender as expectativas de um povo que muito precisa. Seja na urbanização das ruas, seja no resgate de uma praça pública, por exemplo, entregue ao descaso público; seja acolhendo a moradores de rua, como o faz no caso, o Centro Pop, e nesse caso, merece um destaque para a Secretaria de Assistência Social, que tem à frente, como gestora, Fábia Braga, com um esforço visível para que haja um  bom desempenho a cerca dos Programas Sociais que dispõe sua secretaria.


O Centro Pop não foi esquecido das confraternizações. Seus usuários estiveram lá na praça Santa Terezinha, na noite de quinta feira (22),   em pleno clima de Natal, para a confraternização, onde, além de ganharem cachorro quente, tortas, bolos, refrigerante, ainda receberam um quinte de limpeza pessoal, incluindo uma toalha de banho para levarem consigo fora do centro.\