quinta-feira, 2 de março de 2017

"De Novo, Carnaval do Povo"



As ações de um governo devem ser antes de tudo, voltada para seu povo. Independentemente da forma de governo, povo e governo formam um todo. E que seja de forma harmoniosa. Caso não seja assim, "esse governo estará fadado ao fracasso".

Falando do Carnaval do povo, em Bacabal, que aderiu como slogan: "De Novo, Carnaval do Povo", que durante quatros dias movimentou Bacabal, o resultado foi satisfatório, porque alcançou o objetivo esperado: Diversão pautada  na cultura de um povo.

A realização do Carnaval do Povo foi da Secretaria de Cultura, que fez parceria com as Secretarias: de Assistência Social, de Saúde, de Obras e Urbanismo, de Juventude, e de Emprego e Renda.

Se o primeiro carnaval do terceiro mandato de Zé Vieira deu certo, o mérito foi da Secretaria de Cultura, que tem à frente o Sr. Paulo Campos. foi das secretarias parceiras com seus respectivos secretários, foi da equipe de sessenta seguranças, e foi da equipe de setenta policiais militares, que tinha literalmente à frente o T.Coronel Eurico. Mas, senhores (as), acima de tudo, o mérito foi do povo que se fez presente, porque como frisei no início deste texto, as ações de um governo são para seu povo, e o prefeito sabe disso, tanto que em seus dois mandatos anteriores chegou a ser interpretado por alguns, de "duro", porque exigia que os funcionários da prefeitura atendesse bem o povo, que aliás é obrigação de quem atende atender bem e direito de quem é atendido, ser bem atendido.

Um destaque ao prefeito Zé Vieira, com sua esposa, a primeira dama Patrícia Vieira, é que eles estiveram no Centro Cultural uma vez, para sentirem  o ânimo do povo, vivendo um momento de descontração e cultural. Porque o carnaval não é do prefeito, mas do povo. O prefeito só administra, e o faz por intermédio de sua equipe, que precisa ser de sua confiança, no sentido de que essa seja capaz de ter a sensibilidade e os olhos do prefeito. E é por isso que um bom administrador faz acontecer, mesmo que não esteja presente. O prefeito não precisa ser o Super Man com toda força física. porque quem comanda o mundo é a mente sábia dos homens que lutam por um ideal digno.


O vice prefeito Florêncio Neto e o deputado estadual, Carlinhos Florêncio com sua esposa, Dona Jáira, que tiveram participação positiva na campanha vitoriosa de Zé Vieira, também o tiveram no primeiro "De Novo Carnaval do Povo"

Não se teve registro de alguma ocorrência em termos relevantes. Quando alguém, por motivo do efeito de bebida, ou por outra coisa, tentou se exceder, recebeu imediatamente a visita de seguranças ou de policiais.

Eventos Sociais, senhores (as), organizados pelo poder público são ações para o povo, porque servem de verdade ao povo. Os vendedores vendem seus produtos, os mototaxistas fazem suas corridas, os hotéis recebem seus hóspedes, que deixam lucros, as bandas que animam, seja de fora, ou da cidade, mostram seus talentos e ganham dinheiro, E juntando tudo isso, ao povo que se diverte, temos mesmo uma ação para o povo.


Banda Santa Cecília
Em virtude da crise política que se tornou conhecida por todos, Bacabal, que já perdeu muito, não teria também o carnaval. Os Blocos de Rua, que dependem de um fundo do município, para se apresentarem, não puderam se apresentar. Em contra partida a Banda Santa Cecília fez o "Carnaval na Comunidade". Se apresentou em onze comunidades.



















































































































































  




Nenhum comentário:

Postar um comentário