sexta-feira, 2 de junho de 2017

Que nossas lutas sejam sinceras, e os resultados delas ajudem a muitos



Lutamos por qualquer coisa, ou pelo menos, por muitas,  quando nossos interesses pessoais são atendidos. Isso pode ser correto quando se trata da "lei da sobrevivência", e quando quem está em dificuldade não sou eu e nem alguém de minha família. E então, hoje atrapalho alguém, e amanhã vou precisar dessa pessoa. Não vou ser atendido, é claro, porque tirei dela  o que ela viria a dar para mim.

Senhores (as), quando pensamos assim, estamos expressando nossas filosofias, que podem não mudar o mundo, mas que ajudam muito a responder o porque das muitas desordens que nos afeta. Fazer o bem, de verdade, é certamente uma das maiores bênçãos de Deus. Muito obrigado!

Que nossas lutas sejam sinceras, e os resultados delas ajudem a muitos! Muito obrigado!




Nenhum comentário:

Postar um comentário