sábado, 24 de junho de 2017

Secretaria de Assistência Social de Bacabal promove passeata contra o Trabalho Infantil



Foi na manhã da da ultima sexta feira (23), que por algumas ruas de Bacabal, parte da Secretaria de Assistência Social, que tem como gestora a jovem Fábia Braga, percorreu, para dizer que crianças não podem trabalhar.


Parece confuso a ideia de querer que crianças não trabalhem. Porque, trabalhar, em nosso país, ou em outros, até onde conhecemos, também não o é. No entanto, no mundo moderno em que vivemos, o desejo por alguma coisa, é mais do que nunca incentivado, quando visualizamos ou vislumbramos essa coisa.

Estamos dizendo que, ganhar dinheiro é algo tão desejado pelo ser humano, que se torna algo sem controle, porque descobrimos que o poder desse dinheiro supera a ...quase tudo. Isso faz a criança, que está tendo sua personalidade montada, desejar tanto esse dinheiro, que vai receber, pelo trabalho, que nem vai despertar para a questão formal, lá na escola, onde aprenderá a Educação para o mundo, e não somente na questão de dinheiro.

Sem a Educação da escola, ou, sem estudar, o fracasso no mundo dos negócios estará mais perto, e quando vier, e se colocar à frente da pessoa, fica muito difícil superar. E fracassando, o que é muito provável, a marcha pelo progresso arrasta essa pessoa de ladeira, ou de degraus abaixo. Assim, o avanço do progresso por intermédio dessa pessoa fica prejudicado.

No caso da questão do governo pregar, aconselhar e determinar, obedecendo uma também, determinação da Organização das Nações Unidas, que a criança não trabalhe...para ajudar em casa, viria, provavelmente a pergunta dos pais: O governo vais nos sustentar? Porque meu filho (a) está ajudando em casa, com o que ganha.

O pai certamente, na maioria dos casos pode ter razão, porque o governo, de modo geral, deixa de reverter os impostos, em benefício à sua população. Mas, deixar de colocar na Escola, não é correto. Uma conscientização, onde se descubra o poder da organização de um povo, vindo do meio desse mesmo povo, que tem um poder muito grande, a ponto de pô nos degraus mais altos do mundo, aqueles que viriam nos representar, será certamente o correto.
























Nenhum comentário:

Postar um comentário